UFCA abre inscrições para curso de especialização em Inovação Social em Economia Solidária

identidade visual horizontal.

A Universidade Federal do Cariri abre inscrições para o preenchimento de 30 vagas do curso de especialização em Inovação Social em Economia Solidária, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas. O objetivo do curso é formar profissionais para conceber, planejar, implementar e gerir programas de apoio a empreendimentos da economia solidária. A seleção é regida pelo edital nº 06/2016/CCSA/UFCA.


As inscrições serão realizadas via online, pelo endereço https://forms.ufca.edu.br/list-forms, onde o(a) candidato(a) deverá preencher todos os campos e anexar a documentação: carteira de identidade, CPF, diploma de graduação, histórico escolar, currículo, termo de compromisso se comprometendo a desenvolver e executar o programa do curso nos termos e prazos estabelecidos em todas as suas fases, carta de intenção falando sobre a proposta de atuação junto ao curso.

Podem inscrever-se atores sociais inseridos no contexto da economia solidária a partir das suas práticas nos mais diversos âmbitos (profissionais, atores do movimento da economia solidária, gestores públicos nas mais diversas esferas) e demais interessados não vinculados à economia solidária que tenham comprovadamente concluído curso de graduação em instituição formalmente reconhecida.

A duração do curso é de 18 meses (três semestres), com carga-horária de 400 horas, distribuída em aulas práticas (136 horas) e teóricas (264 horas). As aulas serão realizadas às sextas-feiras de 18h às 22h; aos sábados de 8h às 12h. e de 13h às 17h e aos domingos 8h. às 12h., uma vez por mês ou quinzenalmente, conforme cronograma a ser divulgado.

Economia Solidária

A economia solidária vem apresentando resultados positivos na dimensão social e político-institucional ao oportunizar a inclusão social de grande parcela empobrecida da população brasileira. Isso ocorre em razão da crescente participação desses indivíduos nas questões locais, uma vez que economia solidária força o debate político apartidário e valorizar as relações de proximidade que naturalmente são estabelecidas nos processos produtivos de seus territórios.

Dessa forma, garante-se que pessoas tradicionalmente marginalizadas pela lógica de regulação de trocas econômicas em um viés mercantilizado possam conhecer e se envolver em novas formas de acesso ao emprego, trabalho e renda, baseadas em outras perspectivas de regulação econômicas não mercantis e não monetárias fundadas em transações redistributivas, reciprocitárias e de domesticidade. Em adição, os chamados empreendimentos econômicos solidários organizam-se sob outra racionalidade, mais socialmente inclusiva, ainda que se utilizem de procedimentos mercantis monetários e não monetários habituais.

Esta Pós-graduação lato sensu representa a união de esforços no sentido de promover a educação continuada sobre economia solidária, estabelecida como um importante vetor de desenvolvimento territorial e agente de mudança social.

As informações poderão ser acompanhadas pelo site: www.ises.ufca.edu.br. As dúvidas devem ser encaminhadas diretamente para o e-mail:  ises.ccsa@ufca.edu.br.

css.php